O que está acontecendo com o PREÇO dos Carros?!

O que está acontecendo com o PREÇO dos Carros?!

Você deve ter se perguntando recentemente o que está acontecendo com o preço dos carros, afinal, nem os carros populares e “básicos” podem ser considerados acessíveis. Se você pesquisar por carros zero km até 50 mil reais, o resultado é uma desgraça!

📲 AULA GRÁTIS: Como Criar um APP sem Programar: https://site.canalelementar.com.br/apps-sem-codigo?src=yt-fim-dos-carros-populares

Nós já discutimos o fato de carro não ser um investimento e o que está acontecendo com a industria automotiva no Brasil. Bom, mas não é só o Brasil que está vivendo esse cenário, e não tem nada a ver com o isolamento…

💸 Curso que eu recomendo para Criar Negócios na Internet: https://site.canalelementar.com.br/negocio-online?src=yt-fim-dos-carros-populares

🐱‍👤[VÍDEO SECRETO] Como Eu Criei Meu Negócio https://site.canalelementar.com.br/negocio-a-prova-de-crise

🎬 Curso de Edição de Vídeo: https://site.canalelementar.com.br/edicao-de-video?src=yt-fim-dos-carros-populares

00:00 Por que os carros populares estão desaparecendo?
04:05 A ascensão
06:59 Os queridinhos do Brasil – anos 90
08:27 Mas afinal, o que há de errado com eles?
13:13 O novo básico
15:41 Conclusão

Viajando pelo youtube outro dia eu me deparo com um vídeo que apresentava o preço dos veículos no ano de 1996. Me chamou a atenção o valor do Gol, que saía por R$ 12.500,00, o que equivalia a mais de 110 salários mínimos na época.

Um Gol zero quilômetro hoje da mesma faixa parte de R$ 57 mil reais. Obviamente esse gol 2021 vem com muitos acessórios a mais que o gol CL de 1996, até por conta de exigências governamentais. Mas é curioso o fato de que hoje o preço do Gol corresponde a 54 salários mínimos, bem diferente dos 110 salários mínimos de 1996.

Existem inúmeras análises que podemos fazer com esses dados, especialmente a de que em 26 anos de real, a inflação tirou 84% do poder de compra do brasileiro, porém o salário mínimo cresceu acentuadamente superando a inflação e aumentando o poder de compra da população, segundo o matemático financeiro José Dutra Vieira Sobrinho. Mas independente de qualquer análise profunda e técnica, por que parece muito pagar 57 mil reais em um gol básico?

Algo que pode responder a essa pergunta é o fato de que por 6 mil reais a mais, você pode pegar um Polo, que é de segmento superior, ou seja, as diferenças nos preços dos carros de seg sup parecem menores.

Além disso, o aumento da exigência do consumidor e a obrigatoriedade de tecnologias para cumprir normas de segurança, faz com que o preço do popular aumente.

Prova dessa exigência do consumidor, é que houve um aumento na procura por equipamentos de conforto que antes eram preteridos, como o ar-condicionado, que estava presente em 97% dos novos carros, o câmbio automático em 49% e a central multimídia em 40%.

Quanto às exigências governamentais, em 2024 o teste de impacto lateral será exigido para a homologação dos automóveis vendidos no país e vão se tornar obrigatórios controle de estabilidade, luzes de uso diurno, indicação de cintos desfivelados e ajuste de altura dos faróis, e você vai ver os preços dispararem e é capaz das montadoras, no auge da sua petulância, anunciar esses equipamentos obrigatórios como um diferencial no carro.

Atualmente, o mercado brasileiro só tem um carro 0km com preço abaixo de R$40 mil e ele não vem equipado com ar-condicionado, vidros ou travas elétricas.

O Renault Kwid chega ao mercado com sua versão mais básica por R$39.390 e traz apenas itens exigidos por lei, como airbags frontais e freios ABS.
Em 2020, um ranking da FENABRAVE, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, mostrou que a venda dos “veículos de entrada” despencaram nas últimas décadas.
Eles passaram de quase 50% (49,1%) em 2003 pra pouco mais de 12% (12,7%) em 2020, ou seja, uma queda de quase 40%.
E os motivos vão desde as novas exigências dos consumidores até mudanças na legislação.
Diante do enorme desafio de incluir no mesmo pacote tecnologia, design e sustentabilidade, as montadoras não conseguem mais fazer com que a conta feche.
O resultado disso: os carros populares estão desaparecendo.

You May Also Like